BTA ADD INNOVATION
Nov

05

2019

A força do técnico agrícola para a riqueza do agronegócio



 
Nov

05

2019

A força do técnico agrícola para a riqueza do agronegócio

O Brasil é o país do agronegócio. Mesmo com um crescimento tímido por conta da economia, a busca por profissionais que buscam atividades agrícolas é bastante grande. 

Apesar da economia instável no ano passado, o setor agropecuário apresentou um modesto crescimento de 0,1% em 2018 em relação a 2017, e 3,1% em sua receita, segundo a  Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A previsão de acordo com o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) para este ano, é de um crescimento maior, em torno de 0,5% em 2019 e de uma aceleração para 2% em 2020.

Mesmo diante de números ainda considerados modestos, muitos brasileiros têm buscado por cursos profissionalizantes para área rural por acreditarem na força do agronegócio. E estão certos, pois o setor tem ajudado a economia brasileira a superar a crise, gerando oportunidades de emprego, e a atividade de técnico agrícola tem interessado muito jovens que desejam trabalhar no campo.

O profissional é responsável pela execução e acompanhamento de trabalhos relacionados aos projetos de pesquisa e extensão rural, além de preparar material para análises químicas de solo, água e tecidos vegetais. Ainda, auxilia os produtores rurais de forma técnica para desenvolverem sua produção de vegetais, animais, além de atuar em usinas, empresas de produtos agropecuários, agricultura familiar. Prepara o solo, plantio, combate a pragas e colheita. Faz análise para verificar possíveis pontos que devem ser melhorados na produção e aplica soluções pontuais. 

Opções de curso técnico agrícola

O mercado conta com cerca de cinco mil técnicos agrícolas, uma profissão que iniciou com a primeira escola do país, em Viamão, no RS, e foi regulamentada em 1968, através da Lei 5.524. O curso de técnico agrícola tem duração de três anos em período integral. Quem pretende trabalhar no setor agropecuário, desempenhando uma função de nível técnico, pode se matricular em uma das opções de curso técnico agrícola:

Curso de técnico em Agropecuária

O técnico em agropecuária é encarregado de planejar, executar e supervisionar os projetos agropecuários e agroindustriais. Ele pode não só administrar empresas industriais, mas também trabalhar com a comercialização dos produtos agropecuários. Aproveitar o aumento da procura por produtos orgânicos também é uma boa alternativa para a carreira.

Curso de técnico em Agroindústria

O técnico em agroindústria tem boas chances de encontrar trabalho em indústrias de alimentos, laboratórios de controle de qualidade e redes de comercialização. Poderá cuidar de diferentes etapas do processamento de alimentos, como é o caso de grãos, frutos, laticínios e carnes. Além de planejar e monitorar as etapas de produção, também avalia as condições de higiene e cuida da manutenção dos equipamentos utilizados. 

Curso de técnico em Agronegócio

O curso de técnico em agronegócio cuida mais da parte de gestão. O profissional dessa área possui uma bagagem mais administrativa, ou seja, lida com a gestão e o comércio dos produtos agropecuários. Ele tem condições de avaliar custos, desenvolver ações de marketing, identificar oportunidades no mercado agrícola e orientar os produtores/trabalhadores. É uma ótima opção de curso para quem tem precisa administrar um empreendimento de agricultura familiar.

Seja qual for o segmento de atuação deste profissional, parabenizamos todos os nossos clientes e amigos Técnicos Agrícolas. Nosso reconhecimento e admiração a estes profissionais. Que esta profissão possa ser sempre valorizada por sua importância, suas atividades e contribuição para o país. Conheça mais sobre as profissões do agronegócio como Zootecnista, Veterinário, AgrônomoNutricionista Animal e Engenheiro Químico.

 

COMPARTILHE:       

Celice Tamanini

Jornalista BTA Aditivos