BTA Aditivos - Add Innovation
BTA Aditivos - Add Innovation
PT EN ES
BTA Aditivos - Add Innovation
PT EN ES
Set 02 2020

Como promover um manejo adequado de ovos férteis da granja ao incubatório

Como um bom programa de biosseguridade, aliado aos procedimentos e produtos adequados para a higienização das instalações, pode garantir melhores resultados na produção de aves.

O incubatório é um importante ponto estratégico na cadeia avícola. Seu papel é o de propiciar as condições mais adequadas para que haja o reabastecimento de pintainhos no campo, abrangendo práticas e ferramentas que assegurem as melhores condições possíveis para boas taxas de eclodibilidade dos ovos e qualidade das aves.

Este cuidado envolve o desafio de evitar a transmissão de patógenos entre os diferentes segmentos da cadeia avícola, pois uma granja de matrizes envia pintos de um dia de vida para várias granjas de frango de corte, o que pode ter impacto na propagação de patógenos. A disseminação das contaminações pode ocorrer já a partir deste ponto, caso não haja um sólido programa de biosseguridade.

Através de procedimentos que abrangem monitorias sanitárias na seleção de ovos férteis, é possível controlar a execução das tarefas nas granjas de matrizes, evitando a entrada de ovos não conformes à incubação. A contaminação de ovos é um dos fatores que afeta diretamente a qualidade de pintainhos na produção avícola.

Como realizar a coleta de ovos adequadamente

A coleta de ovos é uma etapa rotineira nas granjas de matrizes e altamente responsável pelo sucesso na eclodibilidade. Com um nível de tecnologia mais alto, as coletas ocorrem, em sua maioria, por esteiras automáticas. Porém, a coleta manual não fica abolida totalmente, pois ainda há a incidência de ovos de cama, que precisam ser recolhidos em horários pré-estabelecidos.

Alguns passos podem ser seguidos buscando maior sucesso no percentual de eclodibilidade e diminuição da contaminação:

  • O processo inicia pela coleta nas granjas, retirando primeiro os ovos de cama. Esta ação deve ser realizada, no mínimo, 18 vezes ao dia no início da postura, diminuindo ao longo das semanas do lote.
  • Logo após a coleta de ovos de cama, o funcionário deve desinfetar as mãos para iniciar a coleta de ovos no ninho, para evitar que a contaminação dos ovos sujos de cama passe aos ovos limpos de ninho.
  • Essa coleta deve acontecer entre seis a sete vezes por dia, para evitar que os ovos fiquem muito tempo em contato com a cama ou no ninho. A coleta deve ser feita com cuidado, para evitar a ocorrência de trincas ou microtrincas. Caso isso ocorra, é preciso separar os ovos danificados dos incubáveis. A presença de fissuras na casca, facilita a ação de microrganismos os quais propiciam a incidência de “ovos bombas”.

Imagens da esquerda para direita: ovos de cama e ovos sujos

Imagens da esquerda para direita: frequência de coletas abaixo da ideal, ovos sujos com fezes, ovo trincado e ovos bomba

Seleção de ovos na granja

Esta seleção pode ocorrer de maneira manual ou automática, sendo as máquinas automáticas capazes de classificar entre 54 e 250 caixas de ovos/hora. Essa seleção é responsável por eliminar ovos sujos, trincados, bicados ou com anomalias na casca.

Após a seleção os ovos são direcionados de acordo com a classificação estabelecida, seja para limpeza e estocagem, ovos incubáveis, ovos inférteis ou ovos de descarte. A etapa de seleção é muito importante, pois evita a ocorrência de problemas futuros eliminando ovos com baixa viabilidade de eclosão.

Limpeza e desinfecção de ovos

Após serem coletados e classificados nos aviários, os ovos devem ser lavados para posterior fumigação. Esse processo tem ação de agentes químicos, os quais podem variar de acordo com o método escolhido pelo produtor ou integradora. Dentre os mais utilizados, estão:

  • Formaldeído
  • Formol com permanganato de potássio
  • Ácido peracético
  • Ozônio
  • Radiação UV ou
  • Peróxido de hidrogênio

Fatores que interferem na qualidade do pintainho

Os ovos que apresentam rupturas de casca ou fissuras perceptíveis não devem ser incubados, já que ocorrerá a morte do embrião por desidratação e contaminação. Também podem ocorrer microtrincas que não são detectadas nos ovos, e esses passam a ser incubados.

Nestes casos a incubabilidade fica reduzida e, na possibilidade de o pintainho nascer, a mortalidade até os 14 dias de vida chega a ser 4 vezes maior (5-7%) do que os pintainhos procedentes de ovos limpos. Quando isso ocorre, as perdas de peso durante a incubação são maiores do que em circunstâncias normais, produzindo pintainhos menores e com maiores níveis de contaminação.

Armazenamento na granja até a recolha

Após a desinfecção os ovos são encaminhando para a sala de expedição, onde permanecem resfriados abaixo de “zero fisiológico” (22 °C) até a hora do carregamento para o incubatório. A sala de ovos da granja deve permanecer 2 °C acima do armazenamento no incubatório para evitar a condensação.

Transporte de ovos férteis

É importante manter as mesmas condições ambientais entre o caminhão e o depósito de ovos da granja para conservar o potencial de nascimento.

  • Deve-se evitar os solavancos entre reboques de ovos e vibrações fortes, por isso, os caminhões devem contar com um bom sistema de suspensão e fixar bem os reboques.
  • O ideal é fazer uso de medidores que registrem e salvem os dados de temperatura durante o transporte para verificar as variações de temperatura durante o trajeto.
  • Da mesma forma, recomenda-se medir a temperatura externa e interna de vários ovos de diferentes locais para constatar as temperaturas.
  • Após o transporte, os ovos devem descansar ao menos 12 horas antes de se iniciar a incubação.
  • A limpeza e desinfeção de todos os elementos envolvidos no transporte de ovos é de vital importância para evitar a propagação de patógenos.

Temperatura, viragem, umidade, tempo, circulação do ar

As incubadoras realizam todo o processo de viragem, controle de temperatura, umidade e CO2. No início da incubação a renovação de ar da máquina é mais elevada. No meio da incubação é preciso aumentar o CO2 e, ao final no nascimento, diminuir para abrir e renovar o ar e controlar o calor para perder a umidade, porque o embrião já está desenvolvido.

O ovo perderá em torno de 12 a 14% do seu peso inicial até a transferência dos 19 dias, estando com 55% de umidade no processo de incubação. Essa perda ocorre em virtude da umidade relativa, e é essencial para que o pinto possa nascer com peso entre 67% e 69% em relação ao peso inicial do ovo, ideal para ir para o campo. Nos últimos dois dias de incubação são necessários 65% de umidade (Barbosa et al., 2015). O percentual adequado de umidade relativa está entre 50 e 58% tanto para ovos de lotes velhos ou jovens. É importante ter profissionais responsáveis e atentos em todo o processo de incubação para que não ocorram muitas oscilações de umidade nas incubadoras.

Se a umidade cair muito da ideal os embriões começam a desidratar, ocasionando dificuldade e diminuição na eclosão, refugo de animais ou animais sensíveis. Já se a umidade aumentar muito pode antecipar a eclosão de animais que não acabaram seu desenvolvimento completo. A incubação artificial é necessária para melhorar o rendimento e desempenho dos pintinhos, garantindo o sucesso e aumento da eclosão. (VILELA et al., 2016).

Higienização do incubatório e monitoramento de contaminação

A higienização das incubadoras dependerá do modelo utilizado pela empresa. Os tipos mais utilizados atualmente são prateleiras ou carrinhos que devem ser lavados e desinfetados após toda transferência. O procedimento de limpeza exige:

  • Raspagem dos resíduos de ovos do piso com espátula.
  • Varrer o resíduo seco.
  • Recolher e destinar para recipientes de descarte.
  • Utilizar um balde com solução de água e detergente e aplicar no piso, esfregando-o.
  • Passar rodo para remover a solução.
  • Aplicar novamente no piso água e desinfetante e deixar de molho 15 minutos.
  • Remover o excesso com rodo.
  • Nas incubadoras de prateleira fixa, verificar pontos que possam conter sujidades em meio as corredeiras.
  • A higienização de nascedouros deve ocorrer de forma geral sem deixar nenhuma sujeira.
  • Após a retirada dos carros de pintos é preciso passar a vassoura para retirar a maior quantidade possível de matéria orgânica.
  • Depois deste procedimento deve-se esguichar água sob pressão em todo interior e aplicar o detergente com gerador de espuma, deixando agir de 5 a 10 minutos.
  • Em seguida, fazer a esfrega em todas as superfícies e enxaguá-las por completo.
  • Na parte superior externa dos nascedouros, é indicado passar ar comprimido, e na sequência, um pano úmido com solução desinfetante na parte externa dos painéis de comando.
  • Ao final da lavagem, o ideal é aplicar solução desinfetante e deixar agir por 15 minutos.
  • Concluído todo o processo, os nascedouros podem ser montados e os carrinhos colocados para dentro para secagem e fumigação.

Com um bom programa de biosseguridade aliado aos procedimentos e programa de higienização adequados das instalações, é possível reduzir as perdas em ovos férteis e garantir melhores resultados na produção de aves.

Quer saber mais sobre biosseguridade? Leia neste artigo quais os pontos críticos que devem ser observados para garantir a biosseguridade em granjas de aves e manter a qualidade do plantel.

Compartilhe:

Caroline Facchi - Engenheira Agrônoma, mestre em Sanidade e Produção Animal e doutoranda em Ciência Animal (monogástricos). Pesquisadora na BTA Aditivos.

Veja mais posts do autor

Rafael Soares - Médico Veterinário formado pela Universidade de Vila Velha (UVV) e Coordenador Técnico da Divisão Animal da BTA Aditivos.

Veja mais posts do autor
voltar ao topo

Assine a nossa newsletter

Fique tranquilo, não compartilhamos seu e-mail e você pode cancelar sua assinatura quando quiser, com apenas um clique!

Matriz: Xanxerê/SC • +55 (49) 3199-1646

Rua Carlos Emilio Hacker, nº 260 | Linha São Sebastião | Interior | 89820-000

Escritório Comercial: Jaraguá do Sul/SC • +55 (47) 3055-2764

Rua João Marcatto, nº 260 | Sala 401 | Centro | 89251-670

Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível. Ao continuar a navegar no site, você concorda com esse uso. Para mais informações sobre como usamos cookies, veja nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

Aceito e continuar