BTA Aditivos - Add Innovation
BTA Aditivos - Add Innovation
PT EN ES
BTA Aditivos - Add Innovation
PT EN ES
Jul 25 2019

Porque investir no controle da qualidade para eficiência dos processos

A área de Controle da Qualidade com foco no Sistema de Gestão permite, por meio das pessoas, fortalecer os processos e a obtenção de produtos com a garantia da marca comercializada aos clientes.

A Gestão de Qualidade pode ser definida como uma medida adotada pelas empresas para estabelecer padrões em procedimentos, políticas e ações, de maneira uniforme. O setor de Qualidade, que administra a Gestão da Qualidade, atua como um apoio para os demais setores da empresa, auxiliando sempre na busca pela satisfação do cliente, contribuindo na redução de custos por falhas e para o crescimento da competitividade da empresa. Para a eficiência dos processos, a área precisa lidar com alguns desafios na indústria, como por exemplo:

  • Eliminar ou minimizar as não conformidades
  • Manter a equipe motivada a cumprir os requisitos estabelecidos
  • Fechar arestas na parte documental
  • Sanar morosidades em relação ao procedimento de avaliação de fornecedores
  • Manter um elo de confiança com todos os setores

Aprimoramento das técnicas

A área ou setor responsável pela Gestão da Qualidade atua no aprimoramento de processos de produção, na integração das áreas para a definição dos padrões dos produtos da empresa e atendimento às legislações e normas técnicas relacionadas às atividades da companhia. Todas as atividades planejadas e implementadas dentro da Qualidade fornecem a confiança de que um produto ou serviço atenderá aos requisitos definidos.

Uma forma importante de atender estes requisitos é a aplicação dos procedimentos de documentação para o controle dos processos, assegurando que estes sejam seguidos de acordo com as normas e especificações legais. Além disso, a área de controle da qualidade é responsável pela implantação e manutenção das melhorias contínuas e pela verificação do tratamento de não conformidades para que sejam efetivas.

Gestão da Qualidade contribui para o aprimoramento dos processos de produção

A Qualidade como padrão

O processo de produção deve ser acompanhado de perto pela área da Qualidade. Todos os itens que entram em contato com o produto ou que farão parte da formulação devem ser avaliados pela área.

Atentos a essas exigências, na BTA, as matérias-primas são liberadas para o setor de produção somente depois da aprovação técnica pela equipe de equipe de laboratório e Qualidade. A empresa conta com um processo produtivo de alta tecnologia e automação, permitindo total controle sobre as operações e a rastreabilidade do que foi produzido.

Todos os produtos são analisados em laboratório próprio, por profissionais capacitados, e liberados somente após a comprovação do atendimento às especificações. “Buscamos a melhoria contínua através de acompanhamentos e controle total, desde a chegada das matérias-primas e embalagens, até a comprovação da efetividade do produto em seus clientes, através de análises laboratoriais e acompanhamento de qualidade em todos os pontos do processo”, explica Daiana Palhano, da área de Controle de Qualidade. Assim, a empresa garante o padrão do produto e a rápida resposta de seus processos.

Segundo Daiana, caso haja alguma não conformidade, elas devem ser sempre documentadas e avaliadas para que não haja reincidência. “Temos um cuidado especial na fabricação dos nossos produtos visando a satisfação do cliente, que é também a nossa satisfação. O engajamento de todos nos procedimentos é nosso foco, visando processos bem estruturados e documentados para que tudo saia de acordo com o que foi estabelecido no planejamento de cada passo da produção”, detalha.

Esse grau de exigência no processo de produção se estende aos fornecedores, para que todos atendam os padrões e requisitos regulatórios. “Toda cadeia envolvida no processo precisa estar em conformidade, caso contrário um processo pode prejudicar o desempenho e quebrar o ciclo de qualidade”, finaliza.

A área de Controle da Qualidade é responsável também pelas Boas Práticas de Fabricação. Entenda neste artigo como a rastreabilidade é uma ferramenta para a melhoria contínua de uma empresa e como ela impacta nas BPF.

 

Compartilhe:

Celice Tamanini - Jornalista com MBA em Marketing Digital, Analista de Comunicação na BTA Aditivos

Veja mais posts do autor
voltar ao topo

Assine a nossa newsletter

Fique tranquilo, não compartilhamos seu e-mail e você pode cancelar sua assinatura quando quiser, com apenas um clique!

Matriz: Xanxerê/SC • +55 (49) 3199-1646

Rua Carlos Emilio Hacker, nº 260 | Linha São Sebastião | Interior | 89820-000

Escritório Comercial: Jaraguá do Sul/SC • +55 (47) 3055-2764

Rua Jacob Buck, nº 105 | Centro | 89251-160

Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível. Ao continuar a navegar no site, você concorda com esse uso. Para mais informações sobre como usamos cookies, veja nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

Aceito e continuar